Category Archives: Media Global

Joaquim Goes Favorito do Expresso para o BES

O semanário do Balsas tem um favorito à liderança do BES e dá todos os argumentos para que seja o eleito. Com a família perdida em guerras e as acções a perder-se em quedas, o BES é um navio errático à espera de um comandante, para substituir o destronado Ricardo Salgado. Quem conseguir nomear esse “comandante” ganha o controlo do navio e da sua rota…

Reviravolta no BES: acionistas negoceiam alternativa para suceder a Salgado

“Nova reviravolta no BES, apurou o Expresso: a família Espírito Santo está a negociar com outros acionistas uma alternativa para substituir Ricardo Salgado como presidente executivo. Não é uma nova lista, é a mesma – e Morais Pires já não a lidera. Salgado deixa-o cair. A sucessão pode ser apressada para antes de 31 de julho. Com acordo alargado, o Banco de Portugal levantará menos reservas. Joaquim Goes volta a estar em cima da mesa”.

“A indefinição pode agora ser ultrapassada se ficar claro que há uma nova lista, que ela é aprovada pela maioria dos acionistas e aceite pelo supervisor. E tudo isso pode acontecer mais depressa do que era suposto”.

“Em perspetiva está a apresentação de uma lista que dispense a espera de um mês durante o qual o banco fique em suspenso. O Código das Sociedades Comerciais prevê que, no caso de um presidente executivo anunciar a sua saída e houver um consenso alargado e representativo dos acionistas em relação ao seu substituto, uma substituição temporária pode ser acelerada, mesmo antes de uma assembleia geral definitiva. Isso retiraria a pressão do mercado sobre as ações e acalmaria os próprios clientes”.

“Mas quem? O nome não está ainda fechado mas Joaquim Goes volta a aparecer como candidato”.

 

Ler mais: http://expresso.sapo.pt/reviravolta-no-bes-acionistas-negoceiam-alternativa-para-suceder-a-salgado=f878794#ixzz36QHUspCR

 

TV pública BBC gasta 115M em desperdício

A rede pública britânica BBC admite que «desperdiçou» desde 2008 quase 115 milhões de euros dos contribuintes do Reino Unido num ambicioso (e, acrescento eu, pelo resultado, inútil e escandalôso) projecto digital.

A Digital Media Initiative (DMI) pretendia criar um sistema de produção digital vinculado ao extenso arquivo de rádio e TV da BBC…

Mais um escândalo na BBC que anda a tentar…  restaurar a credibilidade.

Notável ainda, o fim do projecto levou a BBC a demitir enquanto durarem as investigações o director de tecnologia da rede, John Linwood.  No entanto, mantem um salário de 280 mil libras anuais (326.700 euros)…

Haja dinheiro para TV Pública e seus ricos empregados!

Piratas chineses no New York Times

O New York Times foi atacado por piratas chineses nos últimos quatro meses, com sucessivas intrusões nos sistemas e roubo das passwords dos jornalistas. A notícia revelada pelo próprio jornal relata o sucedido e aponta o dedo à China.

O MERDiA DE VIDA revela em exclusivo a imagem dos piratas…

chinesepiratesyellowseatn0

 

Murdoch: The Daily, o jornal do séc XXI que nem deu para um ano

Apresentado como o jornal do século XXI, o The Daily não resistiu um ano… E fecha já este sábado. Conseguiu apenas 100.000 leitores (ainda assim mais que o Expresso) quando os mínimos olímpicos para pagar o investimento eram 500.000, só 5 vezes mais.

Murdoch meteu a pata na poça e não soube entender que um media do século XXI não o é só porque usa tecnologia deste século e porque é muito bonito. Como refere Ken Doctor no blogue “Newsonomics“,  o The Daily apesar de visualmente ser muito sedutor, em termos de conteúdos é muito ligeiro. “Se alguém chama a um jornal The Daily deve arranjar forma de o tornar num media a ler absolutamente todos os dias, ou seja, com conteúdo diferenciado”. O problema é que não oferecia nada que outros media ditos do século XX não ofereçam.

“Desde o seu lançamento, o The Daily foi uma experiência ousada na publicação digital e um maravilhoso veículo de inovação. Infelizmente, a nossa experiência mostrou-nos que não conseguimos encontrar uma audiência suficientemente grande num curto espaço de tempo, para nos convencermos de que este modelo de negócio seria sustentável a longo prazo”, diz Murdoch, em comunicado.

Depois de, em Julho passado, terem siddo despedidos 50 dos 170 trabalhadores do jornal, agora o fim anunciado leva os restantes para o mesmo caminho.

Ruper Murdoch, como outros magnatas dos media, não é compatível com o século XXI, e está habituado a uma certa forma de estar nos media que já não é deste tempo. Um tempo em que a liberdade de informação já não é propriedade dos concentrados de media, por muito que lhes custe. Há também outra maior liberdade, a de escolha de quem nos informa,  e, pelo visto, poucos escolheram o The Daily….

Egipto: Jornais em protesto

A revolução egípcia está para os media egípcios a ser uma merdia… Hoje os jornais protestam contra Constituição que, segundo dizem, restringe a liberdade de expressão, num país onde muitos viam a revolução como libertadora.

Os jornais independentes, liberais e opositores egípcios não se publicam e canais independentes de televisão anunciaram que vão exibir ecrãs a preto, numa interrupção da transmissão.

Quem será o Pedro Norton de Murdoch?

Na cena de saída de cena, Balsemão, pressionado pelas circunstâncias financeiras, antecipou-se a Murdoch…

October 9, 2012
Rupert Murdoch, son of a successful Australian newspaper publisher, has built the world’s largest media corporation with assets that include Fox News, The Wall Street Journal, the New York Post, the Times of London, The Sun (UK), numerous cable and network television stations, magazines and web sites, not to mention book publisher Harper Collins and movie studio 20th Century Fox. But as he reaches the end of his long career, Murdoch has become bogged down. In July, he resigned as director of News International. He insists that he is still at the helm, but surely, there needs to be someone in line to take his place as head of News Corporation. Murdoch has someone in mind. And it’s someone you’ve probably never heard of.
Who is Rupert Murdoch’s Heir?

Lachlan Murdoch, left, and James Murdoch, right, with their father, Rupert Murdoch, chairman and CEO of News Corporation, in Sun Valley, Idaho for Allen & Company’s Sun Valley Conference on July 12, 2012. (Kevork Djansezian/Getty Images)

TV espanhola despede 1295

A Ràdio Televisió Valenciana (RTVV) vai mandar à merdia 1.295 pessoas, um corte de 75% dos actuais 1695 funcionários.

Ficam só 400  dada a “impossibilidade de suportar financeiramente a atual estrutura empresarial e pretende uma modernização radical da empresa”.

A administração mostra-se assim insensível àas manifestações dos trabalhadores que chegaram mesmo com cartazes, megafones e t-shirts, a invadir em directo o jornal das 14h00 para protestar contra os despedimentos. Na altura a emissão do canal foi cortada durante 13 minutos… agora cortam-se os postos de trabalho.

Free Time Out

O lazer pode não sê-lo em muitos casos, mas um dos principais guias de lazer para os londrinos vai passar a ser gratuito. A Time Out Londres, ao invés de um preço de capa de 3,25 libras, passa a ser distribuída no metro de Londres, em museus, galerias de arte, bares, cafés e lojas. Com a publicação grátis vem um aumento de circulação de 50 mil para 300 mil exemplares e sobe também o preço de capa.

Uma tendência a ser seguida em Portugal?

Murdoch: Jornal para iPad despede mais de 30% da equipa

Balsemão, que andava todo contente a mostrar o seu Expresso no iPad, não vai gostar deste post…

O jornal para iPad de Rupert Murdoch (The Daily) está tão mal que despediu mais de 30% da sua equipa. Ou seja, dos 170 profissionais, 50 ficaram na merdia e, para que se veja o estilo de Murdoch, foram mesmos chamados seguranças para escoltar os profissionais para fora do edifício da News Corp, em Nova Iorque.

Nem os 100 mil subscritores salvam este projecto que levou já a 30 Milhões de perdas…

Warren Buffet em contra-ciclo

A crise nos media em todo o mundo é mais que muita (com encerramentos e despedimentos), mas o Oráculo de Omaha parece acreditar no futuro dos media impressos. Acaba de investir 142 milhões de dólares  na compra dos 63 jornais do grupo Media General, bem como o Arizona Daily e o Omaha World Herald… Não consta, no entanto, que tenha qualquer interesse nos merdia portugueses…