Mercedes de Ficção

Num país onde o número de Mercedes espelha bem a ficção a que o país chegou há muito, é de notar a estreia literária de Mercedes Balsemão, autora do romance “A Imperatriz que veio de Portugal”. Se fosse autobiográfico até se poderia chamar, “A Imperatriz que veio de Carnaxide”.
.

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: