Merdição de audiências não é credível

“Não é credível”, disse a semana passada o presidente do conselho de administração da RTP, sobre a merdição de audiências feita pela GfK.

Com base na  auditoria da PricewaterhouseCoopers  ao sistema de medição de audiências “o painel de medição de audiências em Portugal não é representativo”. E “de um painel não representativo não é possível extrapolar para a população. Os resultados do atual sistema de medição de audiências não são credíveis e o sistema não serve”, defendeu Guilherme Costa.

Pergunto agora: quem vai indeminizar os prejudicados? É que a merdição conta muito para as receitas de publicidade das TV’s. E, em sentido contrário, pela mesma lógica, não vão ter os beneficiados (SIC à cabeça) de devolver dinheiro que entretanto ganharam à custa de merdições que lhes eram favoráveis?…

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: