Créditos de Balsemão no BPP impugnados pelo Estado

O Estado vai impugnar os créditos que a família Balsemão tinha no BPP (não reclamados, mas reconhecidos pela Comissão Liquidatária do BPP)  com a justificação de que Balsemão é “accionista da Privado Holding, detendo 6,45% das acções desta sociedade, que, por seu turno, detém na íntegra o capital social da Insolvente [BPP]”. A acção de impugnação acrescenta que “se nada foi reclamado, tal só poderá justificar-se por nada haver a reclamar [créditos]”, revela hoje o Correio da Manhã.

A família Balsemão – Francisco José Pereira Pinto Balsemão, a mulher e filhos – tinha mais de quatro milhões de euros a receber do BPP, mas estranhamente ninguém reclamou qualquer crédito. O valor estava dividido em sete partes iguais de 677.684,08 euros e que pelos vistos pouca falta fazem a quem não os reclamou (ou será que já sabiam que de nada servia reclamar?).

Se o Estado avança com a explicação de que “se nada foi reclamado, tal só poderá justificar-se por nada haver a reclamar”, o próprio Balsemão, por seu turno, tinha já dado pistas para solucionar o mistério (rever aqui).

Qualquer que seja a explicação, não deixa de ser um estranho caso este o da fortuna Balsemão não reclamada ao BPP…

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: